Artigos

Programação do Festival Boca do Inferno IV (FBI 4)

Conheça os 37 filmes selecionados para a quarta edição do Festival e os autores que irão compor a Mesa Literária!

A Boca do Inferno se abre com a chave da imaginação. Atrás dele existe uma outra dimensão. Uma dimensão de pesadelos e imagens, de horror psicológico e violência, de medo e desesperança. Um lugar de sombras, seres indizíveis e assombrações perdidas entre vales mortos. Há 16 anos, o Inferno alcançou o nível virtual, estabelecendo-se num espaço viscoso e grotesco. Vocês estão prestes a celebrar a sobrevida do maior portal de terror da América Latina, numa viagem assustadora por épocas malignas, assassinos desalmados e demônios esquecidos!

O que é o Festival Boca do Inferno?
Tendo em vista a necessidade de fomentar a cidade de São Paulo como um espaço voltado à fantasia, ficção científica e o terror, o Festival Boca do Inferno (FBI) surge com a proposta de exibição de curtas e longas nacionais e internacionais, além de apresentar palestras, mesas de debate, exposição de produtos do gênero, lançamento de livros e apresentação musical. Foram realizadas duas edições na Biblioteca Viriato Corrêa (em 2014 e 2015) e a terceira na Oficina Cultural Oswald de Andrade, nos dias 19 e 20 de novembro de 2016.

FBI 4 acontecerá mais uma vez na Oficina, nos dias 25 e 26 de novembro. Além da exibição dos filmes, acontecerá uma Mesa Literária com autores fantásticos, promovendo debates sobre o gênero, exposição de itens de horror e sorteios!

FILMES SELECIONADOS PARA A EDIÇÃO 2017

Dia 25/11 – SÁBADO

10h10
Pazucus – A Ilha do Desarrego (Brasil, 110 minutos, 2017)
Direção: Gurcius Gewdner
Sinopse: A ilha é, por excelência, um território perturbado. Pedaço de terra desligado do continente ou território que emerge dos abalos advindos do centro do mundo: voltar a se integrar ao mar é o fantasma que ronda todas as ilhas. Oréstia & Omar buscam harmonizar sua relação em um acampamento e se veem, gradualmente, oprimidos pela natureza que de paradisíaca vai se tornando infernal. Paralelamente, dentro do intestino de Carlos, monstros fecais preparam-se para seu fim. Essa confusão estomacal faz dele uma presa fácil para o obsessivo Dr. Roberto.

13h – SESSÃO MÓRBIDA
Lixo (Feira de Santana, BA, Brasil, 12 minutos, 2017)
Direção: Antônio Augusto Farias
Sinopse: Em uma noite chuvosa, uma mulher solitária conta histórias sobre seu lixo e o mistério que o envolve.

Um Dia é da Vida, o Outro da Morte (Salvador, BA, Brasil, 20 minutos, 2017)
Direção: Calebe Lopes
Sinopse: Uma garota assassinada nessa manhã na universidade. Ninguém liga.

O Assassino do Enforca Gatos (São José dos Campos, SP, Brasil, 13 minutos, 2017)
Direção: Danilo Morales
Sinopse: Assassino impiedoso ataca familia em casa de veraneio

Coxinha (Goiânia, GO, Brasil, 13 minutos, 2017)
Direção: Cristiano Souza e Ivan Martins
Sinopse: As irmãs Almira e Piedade são campeãs de venda de coxinha na cidade – já que são baratas e muito saborosas! Tudo pode mudar com a chegada de um rapaz muito suspeito na lanchonete das doces senhorinhas.

#NotAlone (Grécia, 5 minutos, 2017)
Direção: Sotiris Petridis e Dimitris Tsakaleas
Sinopse: Uma adolescente tira selfies, enquanto está sozinha em casa, e tenta colocá-las numa rede social, mas logo ela irá perceber que não está sozinha.

Mordomo da Morte (Suzano, SP, Brasil, 18 minutos, 2017)
Direção: Janderson Rodrigues
Sinopse: Um grupo de amigos saem para um final de semana em um sítio, mas se perdem no caminho. O carro quebra no meio da noite em um lugar desconhecido. Eles avistam uma casa, onde vão pedir ajuda, mas não contavam que se deparariam com um Mordomo, pronto para o jantar.

Autômatos (Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 7 minutos, 2016)
Direção: Leo Miguel
Sinopse: Um homem é sequestrado, torturado e modificado

15h – SESSÃO SOBRENATURAL
Assombra (Recife, PE, Brasil, 6 minutos, 2017)
Direção: Filipe Falcão
Sinopse: Amanda está sozinha em seu apartamento lendo um livro. Logo ela adormece e acorda no meio da noite. Ao se preparar para dormir, a jovem percebe que está sendo observada por alguém. Ou seria por algo? O que fazer já que ela está sozinha no apartamento trancada em um cômodo sem saída e sem possibilidade de pedir ajuda?

Sombras (São Paulo, SP, Brasil, 7 minutos, 2017)
Direção: Rodrigo Cardoso
Sinopse: Durante um apagão em seu apartamento, Lívia, uma jovem escritora terá de enfrentar sua maior fobia, o medo de escuro. A jovem acredita que existe algo maligno em sua casa e neste momento, só uma pessoa ouve seu pedido de socorro. Mas o que Lívia não sabe, é que seu maior pesadelo talvez seja sua única salvação. As vezes, permanecer no escuro é a melhor opção.

Bestia (Canadá, 8 minutos, 2017)
Direção: Gigi Saul Guerrero
Sinopse: O único sobrevivente de um desastre desperta numa praia deserta. Torna-se claro que há mais perigos espreitando na mata do que uma besta faminta.

Enfim Sós (Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 9 minutos, 2017)
Direção: Helvécio Parente
Sinopse: Casal se hospeda em um hotel, mas a esposa desaparece misteriosamente.

O Despertar de Selma (São Paulo, SP, Brasil, 10 minutos, 2016)
Direção: Andrea Fergo
Sinopse: Selma está em coma há mais de 4 anos e a família contratou a jovem Valeria para ser sua cuidadora. A única coisa que Valeria não sabe é que Selma não pode ser acordada em hipótese alguma.

Void Chair (Espanha, 8 minutos, 2016)
Direção:  Xavier Miralles
Sinopse: Com a premissa do ditado “a curiosidade matou o gato”, traz uma história sobre coisas terríveis que podem advir da busca pelo desconhecido.

Casulos (São Paulo,SP, Brasil, 13 minutos, 2017)
Direção: Joel Caetano
Sinopse: Ela só queria descansar, mas algo vindo de muito distante atrapalha seus planos.

Este é Seu Corpo (Vitória, ES, Brasil, 8 minutos, 2017)
Direção: Diego Scarparo
Sinopse: Uma capela num descampado testemunha uma história de desejo e vingança num faroeste contemporâneo e brasileiríssimo

16h10 – SESSÃO DEGOLA
Tragam-me a Cabeça de Antonio Mayans (Porto Alegre, RS, Brasil, 19 minutos, 2017)
Direção: Felipe M.Guerra
Sinopse: O ator espanhol Antonio Mayans fez mais de 150 filmes. Alguns bons, outros muito ruins. E agora, o pior deles poderá provocar a sua morte.

Mesa pra Dois (São Paulo, SP, Brasil, 5 minutos, 2016)
Direção: Marcos DeBrito
Sinopse: Uma deliciosa refeição à 240 quadros por segundo.

Apóstolos (São Paulo, SP, Brasil, 14 minutos, 2017)
Direção: Marcos DeBrito
Sinopse: Um homem sem cabeça prepara com cuidado uma grande ceia em frente a uma câmera fotográfica. Para conseguir encenar o retrato tétrico que tem em mente, precisa conseguir a cabeça de Judas antes da chegada da Lua Cheia.

17h

Mesa Literária – Debatendo a Literatura Macabra Nacional

Autores presentes:

AISLAN COULTER: Nascido em 1980, em Rancharia-SP. Formado em Letras e Pedagogia, membro do projeto literário Mal do Horror e um dos autores da antologia do Congresso Nacional de Escrita Criativa. Publicou de forma independente os livros O Cordel de Sangue e Twittando com o Vampiro, um livro devasso e sanguinário para quem tem estômago forte.

 

 

CESAR BRAVO: Nascido em 1977, em Monte Alto-SP. Farmacêutico de formação, apenas recentemente Cesar Bravo deu voz à sua relação visceral com a literatura. Publicou suas primeiras obras de forma independente, e ganhou reconhecimento dos leitores e da imprensa especializada. Em 2016, publicou Ultra Carnem pela Darkside Books.

 

 

MARCOS DEBRITO:  Atuante no ramo cinematográfico como Diretor e Roteirista, Marcos DeBrito também é autor publicado. Dirigiu o longa-metragem “Condado Macabro” (ao lado de André de Campos Mello). Seu primeiro livro, “À Sombra da Lua“, foi um dos indicados da Rocco ao Jabuti de Melhor Romance em 2013 e seu último, “O Escravo de Capela“, está em todas as livrarias pela Faro Editorial.

 

18h – Autógrafos, contato com os autores e encerramento.

Dia 26/11 – DOMINGO

10h
O Crime da Cabra (São Paulo, SP, Brasil, 90 minutos, 2016)
Direção: Ariane Porto e Teresa Aguiar
Sinopse: Uma pequena cidade do interior vê seu cotidiano abalado por causa de um crime inusitado: uma cabra comeu o dinheiro da sua própria venda. Tem início uma disputa entre dois antigos amigos para saber de quem é a cabra. Um vendeu e não recebeu o dinheiro. O outro pagou e não levou. Por conta desta e de outras aventuras a cabra torna-se o centro das atenções e transforma a vida da cidade, às voltas com uma polêmica sem fim. Ambientado no universo caipira de uma fictícia cidade do interior de São Paulo, o longa utiliza recursos do circo-teatro e faz uma homenagem ao ator e cineasta Amácio Mazzaropi (1912-1981), o maior caipira da história do cinema.

11h40
Astaroth (Campo Grande, MS, Brasil, 75 minutos, 2017)
Direção: Larissa Anzoategui
Sinopse: Encobertas pelas névoas do tempo, Astaroth foi esquecida, mas Gregório é obcecado por ela e unirá seus conhecimentos arcanos à sua arte da tatuagem para trazer a entidade ao mundo mortal. Três jovens se veem perigosamente envolvidas em seus planos.

13h – SESSÃO MAL ENTERRADOS
Zumbiciedade (São Vicente, SP, Brasil, 4 minutos, 2017)
Direção: Alan Diego Oliveira Maia
Sinopse: Será que estamos preparados para um apocalipse zumbi ou já vivemos um?

Cercados pela Morte (Curitiba, PR, Brasil, 20 minutos, 2016)
Direção: João Vitor Ferian
Sinopse: Em um Brasil devastado por um suposto vírus capaz de reanimar cadáveres, um grupo de sobreviventes está confinado em uma casa, enfrentando a fome, o medo, os mortos… e os vivos.

Eternidade (Campinas, SP, Brasil, 13 minutos, 2016)
Direção: Flávio Carnielli
Sinopse: Um casal separado pela morte é capaz de tudo para se reencontrar, até mesmo invocar a deusa da eternidade. Inspirado no cinema expressionista alemão.

13h50
A Floresta das Almas Perdidas (Portugal, 71 minutos, 2016)
Direção: José Pedro Lopes
Sinopse: No local mais triste do mundo, dois estranhos se conhecem. Mas um deles está feliz por estar ali.

15h10 – SESSÃO HERESIA
Rosalita (Juiz de Fora,MG, Brasil, 19 minutos, 2017)
Direção: Luciano de Azevedo
Sinopse: Amaldiçoados serão os adoradores de deus…

Sol (São Paulo, SP, Brasil, 14 minutos, 2017)
Direção: Carlos G.Gananian
Sinopse: Sol só escuta uma voz. A voz de Ari…

O Lago (Sâo José dos Campos, SP, Brasil, 25 minutos, 2017)
Direção: Danilo Morales
Sinopse: Piero retorna ao lar de seus pais sanguíneos, um inóspito e hostil vilarejo, onde segredos se revelam pouco a pouco. Baseado no conto Dagon, de H.P.Lovecraft.

Mãe dos Monstros (São Paulo, SP, Brasil, 9 minutos, 2017)
Direção: Julia Zanin
Sinopse: Uma garota é perseguida por uma trupe circense. Ela está sozinha em um lugar desconhecido tentando achar a saída. Será um show de horrores? Uma história baseada no conto “La Mère aux Monstres”, de Guy de Maupassant, que pretende homenagear clássicos do horror.

Guardiã das Bruxas (São Paulo, SP, Brasil, 4 minutos, 2016)
Direção: Renata Abreu
Sinopse: Quando alguém bate à sua porta, a dúvida é, quem pode ser ? Será que ele vem ? Mas na noite de HALLOWEEN só existe uma pergunta. E ela só tem uma chance para dar a resposta certa: Doces ou Travessuras?

Cinco Cálices (Guarulhos, SP, Brasil, 12 minutos, 2017)
Direção: Rubens Mello
Sinopse: Ivan é um homem com uma doença terminal, que busca através do ocultismo, uma forma de prolongar sua existência. As consequências de seus atos trarão a si uma maldição eterna.

16h40 – SESSÃO UNIVERSO PARALELO
Não Abra Jamais (São Paulo, SP, Brasil, 9 minutos (2016)
Direção: Rafael Zanesco
Sinopse: Após o recebimento de um misterioso envelope sem remetente, uma aura demoníaca domina o apartamento de Karen.

Miçanga Negra (Fortaleza, CE, Brasil, 9 minutos, 2016)
Direção: Thiago Henrique Sena
Sinopse: Uma vingança. Uma caçada. Entre o sonho e a realidade.

Down to the Wire (Espanha, 13 minutos, 2017)
Direção: Juan Carlos Mostaza
Sinopse: Um homem e sua filha tentam sobreviver num mundo pós-apocalíptico.

Ultima Puella (Recife, PE, Brasil, 8 minutos, 2017)
Direção: Jota Bosco
Sinopse: Entre os anos 70 e 80 Cláudio Zuccolotto criou INDIANARA, protagonista de uma HQ lançada com tiragem limitadíssima. Os poucos exemplares que restaram tornaram-se itens de colecionador e objeto de desejo de muitos fãs. Zuccolotto faleceu em 1983 sem ter seu trabalho devidamente reconhecido. Essa é a nossa homenagem…

Ser ou Não Ser (São Paulo, SP, Brasil, 12 minutos, 2017)
Direção: Elder Fraga
Sinopse: A famosa frase “Ser ou não ser” surge do terceiro ato da peça, quando Hamlet vai ao encontro de Ofélia dizer que não a amava. A questão é que ele pretendia colocar em prática seu plano para vingar a morte do pai e, para tanto, ele precisa se afastar de Ofélia mesmo a amando.

O Beijo da Bruxa (São Paulo – Brasil, 13 minutos, 2017)
Direção: Jeziel Bueno
Sinopse: Um homem irá se embrenhar em uma perigosa jornada em uma floresta escura em busca da bruxa que abduziu sua filha.

18h – Encerramento

Serviço:
Data: 25 e 26 de novembro de 2017, a partir das 10 horas
Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade (Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo/SP)
Entrada: Franca

Leia também:

2 Comentários

  1. Teria como alguém do Boca filmar esse quarto festival e divulgar aqui no site , pra quem não tem a oportunidade de ir e tem a curiosidade de ver como é o FBI , um vídeo( s ) ajudaria muito .

  2. Murilo

    AAAAAAAA estou ansioso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *