Os Willies (1990)

Os Willies (1990)

Os Willies
Original:The Willies
Ano:1990•País:EUA
Direção:Brian Peck
Roteiro:Brian Peck
Produção:
Elenco:Sean Astin, Jason Horst, Joshua Miller, James Karen, Marilyn Pitzer, Evan Arnold, Dana Ashbrook, Kathy MacQuarrie, Bill Erwin, Doug Benson

Pode parecer estranho dizer desta forma, mas alguém aí já viu filmes de terror para crianças? Daquelas que poderiam passar facilmente na Sessão da Tarde? Pois então, o filme Os Willies é uma versão “só para baixinhos” de seriados como Contos da Cripta e Além da Imaginação e reúne três contos curtos e dois longos em um filme com um selo de nostalgia que certamente agradará àqueles que cresceram lendo histórias de sci-fi e terror exageradas que faziam a imaginação da molecada de um tempo atrás.

O enredo que amarra os contos é bem simples e talvez não poderia ser diferente: Michael (Sean Astin, muito antes do sucesso como o Hobbit Sam de O Senhor dos Anéis) resolve levar os dois primos Kyle (Jason Horst) e Josh (Joshua Miller) para acampar em seu quintal. Após alguns problemas em ligar o lampião (e um vidro com esferas brilhantes que deveriam ser vaga-lumes) cada um começa a contar histórias de medo e que juram que aconteceram de verdade.

Os Willies (1990) (1)

A primeira é uma história curta sobre uma senhora gorda que vai a uma daquelas lojas que vendem frango frito e recebe um belo de um rato gratinado no seu balde. Depois a história de uma casa assombrada, em um parque, que realmente matou um dos seus visitantes. A terceira (e a mais tosca de todas) é sobre um poodle que tem a infelicidade de ter uma dona extremamente idiota que tenta secá-lo em um microondas.

Em seguida passa o primeiro conto longo, sobre um garoto nerd (que deveria ser a cara de Stephen King quando era criança) que é atormentado por um bando de valentões (um deles tem um mullet que é a coisa que mais mete medo no filme), mas acaba fazendo amizade com o zelador Jenkins (James Karen de Piranha e O Aprendiz). Mal sabe o garoto que o zelador Jenkins é na verdade um monstro que usa uma máscara falsa (e parece muito com os disfarces alienígenas do filme MIB) e que adora devorar crianças do primário…

Os Willies (1990) (2)

E por último, mas não menos importante, o segundo conto longo é sobre um gordinho estranho chamado Gordy Belcher (Michael Bower de Evolução), que tem uma igualmente estranha obsessão por moscas. Após receber um super-fertilizante experimental do sinistro fazendeiro Spivey, as coisas vão ficar muito feias para Gordy.

Não se engane com o fato de eu ter dito que é um filme para crianças, ele é bastante divertido e lembra muitas produções retrô fantásticas dos anos 50 e por ser dividido em contos nunca chega a ser chato ou maçante porque a ação acontece muito rápido.

Os Willies (1990) (3)

A violência é bastante contida, nada maior do que um pouco de sangue espirrando, os efeitos são no limiar do falso com o tosco (mas isso até dá um certo charme ao filme) e Brian Peck (que como ator foi o único a participar dos três primeiros filmes da série A Volta dos Mortos-Vivos), mesmo em seu primeiro e único trabalho como diretor e roteirista, faz um bom serviço. Não vai te meter medo, mas é um filme B tão ruim e divertido como um filme B pode ser.

Os Willies (1990) (4)

(Visited 113 times, 1 visits today)
Gabriel Paixão

Gabriel Paixão

Colaborador e fã de bagaceiras de gosto duvidoso. Um Floydiano de carteirinha que tem em casa estantes repletas de vinis riscados e VHS's embolorados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien