Love – A arte que não deveria ser de W. Pax

Lovecraft

Fã de H.P. Lovecraft, o ilustrador gaúcho W.Pax selecionou algumas passagens dos contos do autor para dar forma às criaturas inomináveis que povoam a mitologia do escritor. Como resultado deste projeto, o autor criou cerca de 50 ilustrações em preto e branco, presentes no livro Love – A arte que não deveria ser de W. Pax, da iEA Editora, que está disponível para seu apoio através da plataforma de crowdfunding Catarse.

O livro, bilíngue, terá 100 páginas em preto e branco, capa fosca com detalhes em verniz – nas versões cartonada e dura – e trará além das ilustrações de W.Pax, passagens selecionadas dos textos de Lovecraft, prefácio do ilustrador Salvador Sanz e posfácio com biografia de H.P. Lovecraft.

Walter Pax foi responsável pelas ilustrações da adaptação para o português do RPG “O Chamado de Cthulhu”, do livro “A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça” e participou das coletâneas “Os Irmãos Grimm em Quadrinhos” e “The Workman”. Sendo esta última indicada ao Eisner Awards.

Para viabilizar o projeto,a iEA Editora precisa de R$ 14 mil e disponibiliza diversas recompensas, como artes originais, autógrafo e dedicatória.

Siga a página do projeto no Facebook para ficar por dentro das novidades e colabore se é fã de Lovecraft e suas criaturas inomináveis!

(Visited 34 times, 1 visits today)
Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Designer por formação e apaixonado por HQs e Cinema de Horror desde pequeno. Ao contrário do que parece ele é um sujeito normal... a não ser quando é Lua Cheia. Contato: rodrigoramos@bocadoinferno.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien