Televisão, Variedades

Netflix irá desenvolver três filmes de terror!

O serviço de streaming trará assombrações e mistério para sua plataforma!

Netflix

Não há como negar a importância da Netflix para quem gosta de filmes e séries de TV. Esse serviço de streaming surgiu tímido, conquistou seu próprio território, contribuiu para o fim das locadoras e está obrigando a TV aberta a ser reinventar. O que antes era considerado apenas um sistema de exposição de filmes e séries, uma espécie de locadora virtual, expandiu-se para exibir suas próprias realizações. A Netflix está produzindo suas próprias séries de TV, como, por exemplo, Demolidor e Um Drink no Inferno, e também filmes!

Segundo a Deadline, o serviço irá desenvolver cinco produções independentes, financiadas e distribuídas em sua plataforma, sendo que três deles são de horror – área que muito nos interessa.

O primeiro é ARQ, escrito e dirigido por Tony Elliot. É sobre um engenheiro, preso em sua casa, cercado por uma gangue de misteriosos intrusos mascarados, tendo que proteger uma tecnologia que poderia liberar energia capaz de encerrar as guerras que assolam o mundo. O sistema cria um loop temporal que condena todos a viverem sempre o mesmo dia, sem fim.

Alistair Legrand (The Diabolical) é o diretor de Clinical, um thriller sobre uma psiquiatra (Vanessa Shaw), que tenta voltar a viver depois de ter sofrido um violento ataque. Como o passado persiste em atormentá-la, ela decide ajudar a corrigir a vida de um novo paciente…alguém que possui sua própria trajetória terrível. Legrand e Luke Harvis desenvolveram o roteiro.

E a última pertence a Osgood Perkins (filho de Anthony Perkins, de Psicose). I Am The Pretty Thing That Lives In The House tem Ruth Wilson como Lily, uma jovem enfermeira contratada para cuidar da senhora Helen Bloom, uma autora de sucesso de histórias de fantasmas que decidiu passar seus últimos dias em sua querida morada rural – uma casa que possui sua própria história de fantasmas. No elenco também estão Bob Balaban e Lucy Boynton.

E aí? Por qual você se interessou mais?

Leia também:

3 Comentários

  1. Guilherme Alves

    Eu achei que os dois últimos tem premissas parecidas, mas Clinical parece um pouco mais interessante.

  2. LUIZ

    o roteiro do primeiro filme, é exatamente o ultimo episódio do black mirror

  3. A Netflix disponibilizou todas as 7 temporadas de Buffy – The vampire slayer. Nos ultimos tempos o Bocadoinferno tem feito postagens sobre muitas séries de TV, então acho q vocês poderiam fazer um artigo ou algo parecido sobre essa grande serie dos anos 90, não é?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *