Found Footage: Um Achado para o Terror

Uma rápida busca pelo IMDB (Internet Movie Database) pela palavra-chave “found footage” e encontramos mais de trezentos filmes, sendo cerca de cento e cinquenta dentro do gênero horror.

O termo “found footage” ou “filmagem encontrada” se refere a um estilo estético que une a ficção e o documental, construindo a narrativa a partir de registros perdidos de fatos extraordinários, sejam eles sobrenaturais ou não. A narrativa pode ser contada totalmente através destas imagens, como A Bruxa de Blair ou Atividade Paranormal, ou parcialmente, como os mais recentes A Entidade e Banshee Chapter .

As origens deste subgênero tão popular remontam a 1980 quando chegava aos cinemas o clássico Canibal Holocausto, de Ruggero Deodato, onde um grupo de documentarias se perde na floresta durante a filmagem de um documentário sobre tribos indígenas primitivas. Dois meses depois a equipe do antropólogo Harold Monroe encontra as latas perdidas das filmagens, revelando assim o trágico destino dos documentaristas.

Nas duas décadas seguintes, alguns poucos filmes deram continuidade a este subgênero. Entre eles, o belga Aconteceu Perto da Sua Casa e os americanos Estranhas Criaturas e The Last Broadcast.  Mas o gênero “found footage” iria se consolidar como um subgênero extremamente popular na virada do século passado com a estreia de A Bruxa de Blair, em 1999.

Unindo uma inteligentíssima e inédita jogada de marketing, meses antes do início da divulgação do filme, os diretores Daniel Myrick Eduardo Sánchez colocaram no ar um site tratando do mito da Bruxa de Blair, reforçando o aspecto documental de seu filme – até hoje algumas pessoas ainda acreditam que o filme é baseado em uma lenda real.

A Bruxa de Blair foi um sucesso!

A Bruxa de Blair (1999) (1)

O modesto filme de uma dupla de desconhecidos, que custou apenas US$ 60 mil, se tornou o vigésimo filme de horror mais visto de todos os tempos e rendeu aos estúdios a quantia assombrosa de cerca de US$ 250 milhões ao redor do mundo. O êxito de A Bruxa de Blair impulsionou uma onda de produções dentro do gênero “found footage”. Os estúdios perceberam que o estilo era barato e rentável.

Nos anos que seguiram ao sucesso de A Bruxa de Blair, os cinemas e o mercado de home vídeo foram inundados por uma avalanche de produções dentro do estilo found footage. Poucas tão expressivas quanto a produção espanhola [Rec] de 2007. O filme de Jaume Balagueró estabelece um segundo momento chave para o “found footage”, dando origem a uma onda de filmes de grande sucesso dentro deste estilo.

Rec (2007) (5)

Dentre os principais, podemos citar Diário dos Mortos, de George Romero, Cloverfield – O Monstro, de Matt Reeves, e aquele que daria origem à série mais popular e longa dentro do estilo, Atividade Paranormal de Oren Peli.

O filme de Peli custou a bagatela de US$ 15 mil e rendeu aos estúdios cerca de US$ 194 milhões e fixou de vez o gênero ao imaginário popular. Basta consultarmos novamente o IMDB para constatarmos que dentre os cento e cinquenta filmes de horror no estilo found footage, Atividade Paranormal fica em décimo oitavo lugar ao organizarmos a lista por data de lançamento.

Atividade Paranormal (2007) (9)

Mas o que faz este estilo tão popular?

Mesmo quando o filme não é totalmente narrado através de filmagens encontradas, utilizando-se de narrativa convencional amarrada com cenas em câmera documental, logo no início do filme somos advertidos de que o que estamos prestes a ver são fatos reais captados em celuloide. O aviso aproxima o telespectador da história que se desenrola a seguir, colocando-os como testemunhas de um crime ou evento sobrenatural. A estética documental utilizada reforça a ideia, mostrando que, se aquilo realmente acontecesse, seria exatamente como estamos vendo. Deixamos de observar o horror para tomarmos parte dele.

10 Achados no Found Footage

Alguns filmes interessantes e relativamente desconhecidos que merecem ser descobertos dentro deste gênero.

1. Aconteceu Perto da Sua Casa (C’est arrivé près de chez vous, Bélgica, 1992 – Dir: Rémy Belvaux)
Uma equipe de filmagem acompanha o dia a dia de um cruel assassino serial. As coisas começam a se complicar quando a equipe perde sua objetividade e começa a dar uma ajudinha.

Aconteceu perto de sua casa (1992)

2. The Last Broadcast (EUA, 1998 – Dir: Stefan Avalos, Lance Weiler)
A equipe de TV local se embrenha na floresta para produzir um documentário sobre o lendário “demônio de Jersey”. Alguns dias depois, somente um deles aparece vivo e é o principal suspeito no desaparecimento de seus colegas. Resta a um cineasta local analisar as filmagens encontradas para solucionar o crime.

The Last Broadcast (1998)

3. Alien Abduction: Incident in Lake County (EUA, 1998 – Dir: Dean Alioto)
Durante um misterioso apagão, um garoto sai pra investigar e acaba capturando em vídeo, evidências de alienígenas reais. Quando os alienígenas seguem ele e seus irmãos de volta para casa, coisas terríveis começam a acontecer.

Alien Abduction (1998)

4. The Last Horror Movie (EUA, 2003 – Dir: Julian Richards)
Um serial killer usa uma vídeo locadora para atrair sua próxima vítima. O que começa como mais um slasher adolescente se transforma em uma viagem perturbadora pela mente de Max Parry, um educado fotógrafo de casamento com um gosto peculiar por carne humana.

The Last Horror Movie (2007)

5. Noroi – The Curse (Japão, 2005 – Dir: Kôji Shiraishi)
Um documentarista investiga incidentes paranormais aparentemente não relacionados envolvendo de um antigo demônio chamado “kagutaba”. Leia a crítica!

Noroi (2005) (3)

6. The Poughkeepsie Tapes (EUA, 2007 – Dir: John Erick Dowdle)
Investigadores encontram centenas de fitas de vídeo em uma casa abandonada em Poughkeepsie que mostram décadas do trabalho de um serial killer. Leia a crítica!

The Poughkeepsie Tapes (2007)

7. Lake Mungo (Austrália, 2008 – Dir: Joel Anderson)
Quando Alice Palmer morre afogada ao nadar em uma represa, sua família começa a experimentar acontecimentos inexplicáveis após seu funeral. Perturbada, a família Palmer busca a ajuda de Ray Kemey, parapsicólogo que começa a descobrir a vida dupla secreta de Alice. O mistério os leva ao Lago Mungo, onde a verdade virá à tona. Leia a crítica!

Lake Mungo (2008) (5)

8. Cropsey (EUA, 2009 – Dir: Barbara Brancaccio, Joshua Zeman)
Ao perceber que a lenda urbana de suas juventudes se tornou realidade, dois cineastas mergulham no mistério envolvendo cinco crianças desaparecidas e o “bicho-papão” da vida real ligado aos desaparecimentos.

Crowpsey (2009)

9. O Caçador de Troll (Trolljegeren, Noruega, 2010 – Dir: André Øvredal)
Um grupo de estudantes investigam misteriosos assassinatos de ursos, mas descobre que existem coisas mais estranhas acontecendo. Eles começam a seguir um misterioso sujeito que se revela um caçador de trolls. Leia a crítica!

O Caçador de Troll (2010)
Tem coisas que você só acredita vendo!

10. The Tunnel (Australia, 2011 – Dir: Carlo Ledesma)
Uma investigação leva a uma rede de túneis de trem abandonada sob o coração de Sidney. Enquanto uma jornalista e sua equipe caçam a história, aos poucos vai ficando claro que é a história que caça os está caçando. Leia a crítica!

The Tunnel (2011)

A lista é imensa e cresce a cada ano. Quais são seus favoritos? Deixe aqui no seu comentário!

(Visited 122 times, 1 visits today)
Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Designer por formação e apaixonado por HQs e Cinema de Horror desde pequeno. Ao contrário do que parece ele é um sujeito normal... a não ser quando é Lua Cheia. Contato: rodrigoramos@bocadoinferno.com.br

4 comentários em “Found Footage: Um Achado para o Terror

  • 27/06/2014 em 23:17
    Permalink

    Não sou fã desse subgênero , mais os melhores pra mim são ” Cannibal Holocaust ” , ” Rec ” e o ” The Poughkeepsie Tapes ” .

    Resposta
  • 27/06/2014 em 17:16
    Permalink

    para mim só se salvam cannibal holocaust e rec, ponto.

    Resposta
  • 25/06/2014 em 12:07
    Permalink

    3 filmes desta lista são imperdíveis para quem curte este gênero: The Last Broadcast, Alien Abduction e Lake Mungo. Destaque para Lake Mungo, que para mim, é o melhor filme do gênero found-footage e apareceu na Afterdark Horrorfest. Sem dúvida merecia ter sido lançado no cinema e se tornado mais conhecido pelo grande público.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien