Slasher Open 24 Hours tem influências de John Carpenter e Alexandre Aja

Uma mulher paranoica e delirante, Mary White, acaba de ser liberada de um hospital psiquiátrico por ter incendiado seu então namorado James Lincoln Fields, um brutal serial killer conhecido como The Rain Ripper. Depois de ser liberada do hospital, Mary consegue um emprego em um posto de gasolina que funciona a noite toda. No entanto, deixada sozinha e por conta própria, sua paranoia e alucinações retornam com consequências furiosas.

Essa é a premissa de Open 24 Hours, filme dirigido por Padraig Reynolds e que terá sua estreia mundial no FrightFest Film Festival de Londres.

Em entrevistas, Reynolds já declarou que foi muito influenciado pelas obras de John Carpenter e Alexandre Aja, mais especificamente pelo episódio O Posto de Gasolina da Trilogia do Terror (Carpenter) e o francês Alta Tensão, dirigido por Aja.

E ainda acrescentou que como o filme foi filmado no inverno sérvio, ele capturou bem o frio e a chuva, dois elementos que darão aquele “up” na produção.

Será que citar essas duas grandes obras do gênero como influências para a produção foi uma boa? As expectativas já estão lá em cima…

Ainda sem previsão de estreia no circuito comercial, Open 24 Hours tem Vanessa Grasse (Leatherface), Brendan Fletcher (Freddy vs. Jason), Cole Vigue, Emily Tennant e Daniel O’Meara no elenco.

(Visited 558 times, 1 visits today)
Laura Dourado

Laura Dourado

Jornalista, bailarina, estudante de história e amante irrecuperável de filmes de terror. Assiste todos os tipos possíveis, dispensando só os terríveis found footages.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien