Artigos

Editorial 2017 #3 – Carnaval das Almas

É a festa da alegria, do contato físico e dos exageros, mas também pode ser a dos sustos e do medo

É a festa da alegria, do contato físico, do samba e dos exageros. Pessoas fantasiadas se encontram nos chamados blocos, seguem trios elétricos e pulam durante o dia inteiro, muitas vezes até a madrugada, e bebem até perder a noção do que fizeram. O verdadeiro terror surge no dia seguinte, com a ressaca e a consciência dos atos insanos cometidos, e consequentemente a lembrança pelo que podia ser evitado. Enquanto os gringos enxergam o evento como o melhor sentido da palavra “perdição“, sua perspectiva de fã de horror já cria cenários perfeitos para produções do gênero.

Como o termo “carnival” não tem relação direta com a festa que fazemos, embora seja a tradução, é possível encontrar referências próximas em eventos que incluem “paradas“, com a passagem de carros alegóricos e pessoas fantasiadas pelas ruas (os americanos fazem isso no Dia da Independência, 4 de julho), no Dia de Los Muertos, da cultura mexicana, Segunda-feira das Rosas, na Alemanha; Granville, na França… É claro que existem similares e motivações em cada país, mas estes são os primeiros e mais próximos contatos – e o gênero tem algumas boas recordações com situações curiosas em longas.

Quem não se lembra da morte de Helen Shivers (Sarah Michelle Gellar) em Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado, de 1997? Depois de fugir do assassino pela loja da irmã, ela encontra seu destino em um beco, próximo a um desfile de rua, quando já imaginava ter encontrado a segurança que procurava. Mas, é interessante quando você pensa não apenas numa festa de pessoas fantasiadas, mas uma procissão como aquela envolvendo demônios e mortos no sensacional O Dia de Satã, de 1988, um dos filmes mais atmosféricos do gênero.

Se no Brasil não temos um Halloween propriamente dito – a expressão politicamente correta seria “Dia do Saci” -, usamos o Carnaval para expor nossa criatividade nas fantasias mais insanas, embora a temática não seja terror. Ainda assim você já deve ter ouvido falar dos Bate-Bolas do Rio de Janeiro? Há mais informações no nosso livro, Medo de Palhaço, mas basicamente se trata de um grupo que se veste de palhaços assustadores para pregar peças no Carnaval carioca!

Os Bate-Bolas

Por outro lado, no quesito fantasia, temos o Zombie Walk, aquela tradição de se vestir de morto-vivo e encontrar pares em algum movimento grande como o que acontece na Avenida Paulista, no dia 2 de novembro. Ainda assim, muitos fãs optam por simplesmente aproveitar o feriado para ver seu filme e série favoritos, ler uma boa história de terror, ouvir seus podcasts…

Nesse Carnaval das Almas, imagine a verdadeira Boca do Inferno, com pessoas deformadas vestindo máscaras humanas, ao toque de uma marcha fúnebre, enquanto caminham lentamente para o Mar dos Mortos, deixando um rastro de vísceras. Pode não ser a festa da alegria, mas pode ser tão divertido quanto!

Vamos ver o que cada colaborador produziu nesse mês de início das aulas, da festa do Oscar, da perda de Bill Paxton e do Carnaval!

Abraços!

Filipe Falcão: Elvira Lança Livro. (Total no Ano: 5)

Gabriel Paixão: Ash Vs Evil Dead 1ª Temporada; Ash Vs Evil Dead 2ª Temporada; Come and Find Me; Death Race 2050; A Menina que Tinha Dons. (Total no Ano: 11)

Ivandro Godoy: A Floresta das Almas Perdidas. (Total no Ano: 02)

Juvenatrix: A Fuga do Terror; A Besta do Milhão de Olhos; O Vale Proibido; Os Reencarnados. (Total no Ano: 08 )

Luana Caroline Damião: Agatha; Santa Clarita Diet. (Total no Ano: 04)

Marcelo Milici: As Melhores Máscaras dos Filmes de Terror; 5 Assustadoras Performances que Mereciam o Oscar; Don´t Knock Twice; A Cura; A Visita. (Total no Ano: 42)

Marcus Augusto Lamim: Nerve: Um Jogo Sem Regras. (Total no Ano: 03)

Paulo Blob: The Love Witch; When Animals Dream. (Total no Ano: 03)

Rodrigo Ramos: As 13 Melhores HQs de Horror de 2016; A Sala do Tempo; Marcado; Ditaduta no Ar; O Chamado 3. (Total no Ano: 08)

Samuel Bryan: Resident Evil 7: Biohazard; Limbo + 8 notícias (Total no ano: 14)

Quanto às notícias de fevereiro, entre cinema, literatura, quadrinhos, games e DVDs e Blu-Rays:

Bruna Alfama: 10 notícias. (Total no ano: 42)

Laura Dourado: 15 notícias. (Total no ano: 15)

Silvana Perez: 34 notícias, 1 Crítica (The Walking Dead: 7×09). (Total no ano: 96
notícias, 02 críticas)

Leia também:

Marcelo Milici

Marcelo Milici

Fundou o Boca do Inferno em 2001. Formado em Letras, fez sua monografia sobre o Horror Gótico na Literatura. Já foi juri de festivais e eventos do gênero! Contato: marcelomilici@bocadoinferno.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *