Jogador Misterioso (2004)

Jogador Misterioso (2004)

Jogador Misterioso
Original:Il cartaio
Ano:2004•País:Itália
Direção:Dario Argento
Roteiro:Dario Argento, Jay Benedict, Franco Ferrini, Phoebe Scholfield
Produção:Dario Argento
Elenco:Stefania Rocca, Liam Cunningham, Silvio Muccino, Adalberto Maria Merli, Claudio Santamaria, Fiore Argento, Cosimo Fusco, Mia Benedetta, Giovanni Visentin, Claudio Mazzenga, Conchita Puglisi, Micaela Pignatelli, Luis Molteni

Fulci, Bava e Argento formavam a notável tríade de realizadores do cinema fantástico italiano. No decorrer das décadas de 60 e 70, juntos, construíram uma filmografia consistente e respeitada em todo o mundo. Eram filmes sofisticados, cuja atmosfera barroca carregada de cores berrantes e sombras, somadas a violência explícita e a trilha sonora sempre incisiva, tornar-se-iam grandes clássicos, cultuados e copiados a exaustão nos anos que viriam.

Fazem parte desta safra, entre outros filmes: A Máscara do Demônio (1960) e Black Sabbath: As Três Máscaras do Terror (1963), ambos dirigidos por Mario Bava; Zombie – A Volta dos Mortos (1979) dirigido por Fulci; e os maravilhosos Prelúdio para Matar (1975), Suspiria (1977) e Phenomena (1985), realizados por Argento. Infelizmente, Bava Faleceu em 1980 e Fulci em 1996, portanto o único ainda em atividade é Dario Argento.

Jogador Misterioso (2004) (1)

Já em seu primeiro longa-metragem, O Pássaro das Plumas de Cristal (1970), Argento daria continuidade ao subgênero concebido por Mario Bava: o Giallo. Amarelo (Giallo em italiano), é uma espécie de thriller policial que derivou dos livretos de suspense cujas capas eram amarelas (assim como o cinema Noir, preto em francês, advém dos livros policiais cujas capas eram negras). Nos gialli de Bava e Argento alguns elementos tornaram-se obrigatórios, como o assassino em série mascarado, sempre impiedoso, do qual vemos apenas seus passos ou suas mãos.

Jogador Misterioso quase se encaixa na categoria giallo. O assassino das luvas emborrachadas está lá, o cenário clássico das ruas de Roma também, a investigação policial, as vítimas mulheres. Mas faltam as mortes estilizadas, o capricho estético registrado de Argento, a trilha sonora pulsante da banda Goblin, parceira do diretor em diversas empreitadas.

Jogador Misterioso (2004) (2)

Não é segredo pra ninguém que Argento e sua turma sempre deixaram o roteiro em segundo plano, em prol da violência estilizada e da fotografia caprichada. Em Jogador Misterioso, o roteiro (do próprio Argento), apesar de simples, é artificial e quase inverossímil, além de extremamente pobre. E ao contrário das produções antigas, esta deficiência não é compensada em nenhum momento.

O elenco é, além de desconhecido, muito ruim. A trilha sonora, composta pelo paulistano Claudio Simonetti (ex-tecladista da banda Goblin), resume-se a alguns rifes eletrônicos sem inspiração nem entrosamento com a ação decorrente.

Outra grande frustração para os fãs do diretor é a ausência das famosas sequências de violência explícita, que sempre foram tão presentes na sua obra, até mesmo nos seus trabalhos menores (como Sleepless (2001) ou Síndrome de Stendhal (1996)). Sem membros decepados ou vísceras expostas, em Jogador Misterioso as poucas cenas que incomodam é uma rápida autópsia ao estilo C.S.I. e o trágico destino do vilão.

Jogador Misterioso (2004) (3)

Jogador Misterioso foi exibido nas Mostras de Cinema do Rio e São Paulo em 2004 e pessimamente distribuído em DVD pela Fox Home Vídeo no final de 2006. A versão digital não apresenta nenhum material extra e traz o vídeo em formato tela cheia, prejudicando ainda mais a pobre fotografia do longa.

O resultado desastroso de Jogador Misterioso deve-se muito a limitação resultante de um baixo orçamento e de uma direção sem nenhum empenho, muito aquém do que Dario Argento pode proporcionar. O cineasta teve um desempenho muito superior ao dirigir os episódios Jenifer (2005) e Pelts (2006), da série de TV Mestres do Horror. Ainda que distante de seus clássicos, os episódios resgatam um pouco da violência e estilo do Mestre Argento.

(Visited 217 times, 1 visits today)
João Pires Neto

João Pires Neto

Formado em Letras e Literatura, embora trabalhe com Tecnologia; Vegetariano não batizado; apaixonado por Livros, Música e Filmes e colaborador desde 2005. Contato: joaopiresneto@bocadoinferno.com.br

2 comentários em “Jogador Misterioso (2004)

  • Pingback:db.movies » Il cartaio – 2004

  • 27/07/2014 em 03:41
    Permalink

    Estou de pleno acordo com a crítica , o Mestre Dario Argento pecou e muito em ” Jogador Misterioso ” , é muito abaixo do que somos acostumados a ver .
    Mais mesmo assim eu tenho seu DVD original em minha coleção , pois temos que entender e aceitar que todo cineasta tem seus altos e baixos na carreira , mesmo sendo os melhores considerados como Mestres do Horror .

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien