The Nice House On The Lake #1 (2021)

0
(0)
The Nice House on the Lake #1
Original:The Nice House on the Lake #1
Ano:2021•País:EUA
Páginas:31• Autor:James Tynion IV, Álvaro Martínez Bueno•Editora: DC Comics

A safra que o selo DC Black Label vem trazendo nesse último ano não decepciona em meio a tanta adversidade que o mundo investe no momento. Mas também não é nenhum tiro no escuro apostar em James Tynion IV, o nome em si já traz uma experiência variada em diferentes tipos pontos do espectro do fantástico de Wynd à Something Is Killing the Children passando ainda pela conspiração e suspense de The Department of Truth.

The Nice House On The Lake #1 (de 12, incialmente planejados) introduz o leitor a um monólogo rápido, em um cenário que parece já dar noção do tamanho dos eventos que o título vai se apoiar, e nesse plano sequência brilha o traço de Álvaro Martínez com um design de personagem mais original e realista abraçados pelas cores de Jordie Bellaire em uma perceptível migração do flamejante e vivo paleta do mundo a descida vertical de sua escuridão. E emenda para flashbacks mantendo o melhor estilo de seriados televisivos — o quê acerta para abraçar públicos distintos entre leitores experientes e novatos — de Ryan Cane (“A Artista”) e com ela prefacia sua ida a uma mansão com suntuosas instalações prontas a hospedar 15 pessoas de forma mais agradável possível.

Capa Alternativa de Martin Simmonds

Ela conhece Walter e coincidentemente mais alguns dos convidados que vão sendo apresentados na história no melhor estilo heist movies, sendo que cada qual recebe um codinome condizente ao personagem, mas a utilidade do mesmo não, ainda…

O clima que James imprime é medido propositalmente e, como já mencionado, com um certo tom cinematográfico,   mas que é quebrado no bom sentido por uma das características que só a mídia pode proporcionar pelas cores da, ganhadora de um Eisner, Jodie Bellaire, que tornaria fácil tornar a obra uma enfadonha pasta de cinza e preto mas usou nos momentos certos as cores mais vivas sem deixar de estar sóbria.

As personalidade prometem com certa segurança apresentar mais do que os estereótipos que acabam por se tornar uma armadilha, um atalho, para apresentar uma “ideia” nos quadrinhos e ganhar conteúdo sem investir muito esforço e com isso se aproxima um pouco dos personagens das eras de ouro de Hellblazer ou Preacher — antes que alguém faço o levante contra mim, sim, tem personagens que são supra carregados de estereótipos para justamente, uma vez com sua atenção, terem suas personalidades desenvolvidas e apresentadas.

É até complicado descrever mais sem adentrar em detalhes que tem um verdadeiro potencial para spoiler, então quanto a obra me limito a estas palavras.

Um pouco mais sobre a relevância da obra: mas ela é atualmente — de acordo com o próprio Tynion — a mais bem sucedida comercialmente, com números impressionantes mesmo antes de seu lançamento. O reconhecimento que Tynion desenvolveu com as revistas Batman e Joker deu a confiança necessária para que as comicshops solicitassem um número expressivo de mais de 100.000 cópias da série.

Não o suficiente este impacto, mas deixaram o autor com certa segurança para tomar decisões bastante difíceis como não renovar seu contrato de exclusividade com a DC para produção do Batman e Joker para então se focar em suas criações independentes como ele descreve em seu substrack (uma espécie de serviço de assinatura, vide o link nas referências ao fim do artigo). Relacionado ou não a essas decisões, foi anunciado um hiato de 6 meses após o sexto número — como programado:

  • Até o Número 3 já está disponível (já está no forno o review para o segundo número)
  • Número 4 no dia 7 de Setembro deste ano.
  • Número 5 para 5 de Outubro deste ano.
  • Número 6 em 2 de Novembro deste ano.

Tynion já se adiantou em avisar que não se trata de um cancelamento, mas de dar tempo necessário para que os últimos 6 — com 12 números inicialmente planejados — recebam o tratamento necessário para ficarem na qualidade esperada.

Acredito que seja pouco provável que as editoras venham a cancelar um acordo com um nome que estará ainda em alta dado fatores como os que a sua obra Something Is Killing The Children já estar em produção pela Netflix e mais um título negociado com a Boom Studios: House of Slaughter. Esperamos que isso garanta a longevidade necessária para The Nice House On The Lake.

Plano sequência inicial

Substrack de James Tynion IV:  https://jamestynioniv.substack.com/

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Ed "Toy" Facundo

Cearense nascido e criado na capital, apaixonado pela ideia de dar vidas aos seus brinquedos ou resolver intrigantes configurações do lamento - talvez esteja em um copo de cerveja - e vocalista da banda de death/thrash metal Human Heritage. Veio à Newcastle (Upon Tyne) em busca daquilo que traumatizou Constantine e sobrando tempo para exercer sua profissão de desenvolvedor de jogos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.