O Monstro da Lagoa Negra (1954)

O Monstro da Lagoa Negra (1954) (1)

O Monstro da Lagoa Negra
Original:Creature from the Black Lagoon
Ano:1954•País:EUA
Direção:Jack Arnold
Roteiro:Harry Essex, Arthur A. Ross, Maurice Zimm, William Alland
Produção:William Alland
Elenco:Richard Carlson, Julie Adams, Richard Denning, Antonio Moreno, Nestor Paiva, Whit Bissell, Bernie Gozier

No começo, Deus criou o céu e a terra, e a terra era vazia e sem forma. Veio então o planeta Terra, recém nascido e esfriando rapidamente de uma temperatura de 6000 graus e umas poucas centenas em menos de cinco bilhões de anos. O calor se eleva, encontra a atmosfera, formam-se as nuvens e a chuva desaba sobre a endurecida superfície por séculos sem conta. Surge o mar revolto, encontra obstáculos, é contido, começa o mistério da vida. Aparecem coisas vivas em infinita variedade e se transformam e atingem a terra, deixando o registro de sua vinda, de sua luta para sobreviver e de seu fim eventual. O registro da vida é escrito na terra onde 50 milhões de anos depois, no âmago da região do Amazonas, o homem ainda tenta decifrá-lo.

Com essa introdução narrada começa o filme O Monstro da Lagoa Negra (1954), dirigido por Jack Arnold, o mesmo de clássicos como Veio do Espaço (It Came From Outer Space, 53) e O Incrível Homem Que Encolheu (The Incredible Shrinking Man, 57). Fotografado em preto e branco, O Monstro da Lagoa Negra é considerado um pequeno clássico de horror B e que originou mais duas sequências, Revenge of the Creature (55) e The Creature Walks Among Us (56).

A história passa-se na Amazônia, e era muito comum nos roteiros de ficção científica e horror das décadas de 40 e 50 a utilização dessa enorme e intrigante região desconhecida como tema. Outros filmes importantes como Delírio de um Sábio (Dr. Cyclops, 39) e O Mundo Perdido (The Lost World, 60) também utilizaram a Amazônia como cenário de seus eventos. Na época, o imenso pulmão verde servia de inspiração para os imaginativos roteiristas, sendo palco de civilizações perdidas, mundos ocultos, animais pré-históricos que sobreviveram ao longo do tempo, laboratórios de cientistas loucos, e todo tipo de mistério que fascina a humanidade.

O Monstro da Lagoa Negra (1954) (4)

Um grupo de cientistas está procurando fósseis antigos na região do Rio Amazonas e encontra a pata de uma criatura desconhecida. Eles resolvem então organizar uma pequena expedição e partem à bordo do barco Rita à procura de outros vestígios e esqueletos. Viajam até um local chamado de Lagoa Negra, devido às águas muito escuras, e encontram uma estranha criatura viva, um ser anfíbio muito parecido com o homem. Considerando a maior descoberta de todos os tempos, os cientistas tentam capturá-lo com vida, e após vários confrontos com o ser, parte da expedição morre. Assim como ocorreu em King Kong (33), a criatura também se simpatiza com a única mulher do grupo, a jovem e bela Kay (interpretada por Julia Adams).

As ótimas sequências aquáticas envolvendo as lutas entre os pesquisadores e o monstro anfíbio, interpretado por Ricou Browning (em terra, o papel da criatura era de Ben Chapman, que faleceu em 2008), e criado por Bud Westmore e Jack Keran, são os grandes destaques do filme, além do interessante roteiro baseado em história de Maurice Zimm, criando o monstro da lagoa negra, um dos personagens mais importantes da história do horror e que juntou-se à galeria já formada por outros monstros clássicos como o vampiro Drácula, a criatura de Frankenstein, o Fantasma da Ópera, a Múmia e o Lobisomem, os quais juntos foram responsáveis por dezenas de filmes que aterrorizaram por gerações os fãs do cinema fantástico.

O Monstro da Lagoa Negra (1954) (2)

Curiosamente, o ator Whit Bissell, que faz o papel do Dr. Thompson, faria parte mais tarde do elenco fixo da série de TV O Túnel do Tempo (The Time Tunnel, 1966), criada por Irwin Allen.

(Visited 315 times, 1 visits today)
Juvenatrix

Juvenatrix

Uma criatura da noite tão antiga quanto seu próprio poder sombrio. As palavras são suas servas e sua paixão pelo Horror é a sua motivação nesse Inferno Digital.

2 comentários em “O Monstro da Lagoa Negra (1954)

  • 02/06/2016 em 13:19
    Permalink

    aMO FILMES DE TERROR, MAS ESTE E INESQUECIVEL, ATE A MUSICA ATE HOJE ESTA NA MINHA MEMORIA. BOM DEMAIS.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien